Siga-nos nas redes sociais
Acesse a nossa loja
Drogaria Nova Esperança
Acesse a nossa loja
Página Inicial Higiene Bucal Você já teve afta? Saiba o porquê

Você já teve afta? Saiba o porquê

Sua incidência pode ser causada por diversos motivos, inclusive baixa imunidade.

10 de fevereiro de 2021
Última atualização: 16 de fevereiro de 2021
Você já teve afta? Saiba o porquê
Tempo estimado de leitura: 7 Minutos

A maioria das pessoas, de diversas idades já sentiram o doloroso incômodo causado pelas aftas. Isso porque, a saúde da boca também deve ser cuidada diariamente, pois sua estrutura está vulnerável a apresentar alguns problemas da saúde imunológica e até mesmo dos dentes e da gengiva. Mas afinal, o que é bom para afta?

Para entender melhor o assunto, preparamos um conteúdo completo e capaz de tirar diversas dúvidas. Confira abaixo!

O que é a afta?

Chamada de estomatite aftosa cientificamente, as aftas são pequenas lesões arredondadas que aparecem na língua, lábio, bochecha, céu da boca e até mesmo na garganta, provocando dificuldades na fala, na alimentação e até mesmo incômodos e dores. Sua incidência pode ser única, ou também múltipla, e as causas são diversas. Caso o surgimento seja contínuo, o médico deve ser consultado para análise das causas.

Seus tamanhos são de aproximadamente 1cm de diâmetro, e sua aparência oval apresenta bordas brancas e amareladas. Além disso, elas também podem surgir embaixo da língua, e embora sejam mais comuns em mulheres, também pode atingir homens, idosos e crianças, e suas causas são diversas.

O que causa?

Existem diversas causas da afta, que devem ser analisadas para que o tratamento eficaz seja rapidamente aplicado. Com isso, a afta tem tratamento e pode ser eliminada para melhora dos sintomas. Abaixo, citamos as mais comuns causas:

– Mordida na língua;

– Consumo de alimentos cítricos como kiwi, limão, laranja ou abacaxi;

– Diagnósticos de doenças autoimunes;

– Uso de aparelhos nos dentes;

– Hipersensibilidade ou alergias a vitaminas;

– Mudança no pH da boca;

– Má digestão de alimentos;

– Falta de vitaminas.

Além disso, algumas doenças como AIDS e câncer também causam aftas com mais frequência, e podem enfraquecer o sistema imunológico, favorecendo essas lesões na boca. Nesses casos, é importante consultar o médico.

As regiões afetadas

As principais regiões afetadas pelas aftas

Como citamos acima, as aftas podem surgir na boca, na superfície da língua e embaixo dela, nos lábios e na gengiva e as causas são diversas. Não há um local certo para que as aftas nasçam, mas elas podem inclusive surgirem em todos os lugares ao mesmo tempo.

Um outro motivo recorrente que pode causar aftas nas gengivas, é a má higiene da boca, pois a limpeza com muita força pode gerar lesões que levam o surgimento deste tipo de incômodo, que são as aftas. Para isso, é essencial um alto cuidado durante o processo de escovação.

Tipos de afta

Os tipos de afta são determinados levando em consideração o seu tamanho e o tempo que permanece na boca. Abaixo, seguem os tipos principais:

Afta menor – é o tipo mais comum, de tamanho pequeno e menor que 1cm e sua permanência pode durar cerca de uma semana, sem deixar marcas.

Afta maior – este tipo de afta não é muito comum, e ataca cerca de 10% da população, sendo maiores de 1cm e pode levar mais de duas semanas para desaparecer, deixando cicatrizes mais profundas.

Ulceração herpetiforme – essas úlceras são muito pequenas, e apresentam cerca de 1mm. Elas são provocadas pelo herpes, mas não são contagiosas e desaparecem em 2 semanas.

As aftas também são classificadas em 3 tipos

Traumáticas – são causadas por traumas locais, como as próteses dentárias mal adaptadas.

Alérgicas – Resultam de uma reação alérgicas, e suas principais causas são certos alimentos ou medicamentos.

Os médicos e dentistas são capazes de identificar os tipos, e as principais causas dos surgimentos dessas aftas, para que o tratamento mais eficaz seja elaborado.

Como tratar a afta?

Melhores tratamentos para afta

Existem diversas formas de tratar as aftas, inclusive em casa. Esses tratamentos podem ajudar a amenizar a dor e o incômodo causados por elas, e você pode realizar todos as dicas para acelerar o processo de melhora.

Aplicação de chá preto

Sabe aquele saquinho de chá que fazemos com a água quente? Então, aplicar ele em cima da afta ajuda a aliviar a dor e o desconforto causado por ela. Isso porque, o chá preto contém uma substância adstringente chamada taninos, que ajuda a eliminar resíduos e sujeiras.

Fazer bochecho de água com sal

Apesar de dar uma ardidinha que incômoda, bochechar água com sal pode ser eficaz para a cicatrização das aftas, pois ajuda a desinfetá-las. Para preparar o bochecho, basta adicionar uma colherzinha de sal em um copo com água morna, deixando na boca por alguns minutos, cerca de 2 vezes ao dia.

Cravo-da-índia

Mastigar um cravinho ajuda a curar a afta mais rápido, pois sua composição conta com propriedades analgésicas e antissépticas capazes de manter a afta limpa e cicatrizada, além de minimizar a dor aos poucos.

Medicamentos

Alguns medicamentos também ajudam a minimizar a incidência das aftas, como ativos compostos por Acetonida de triacinolona e Sulfato de neomicina. O médico, dentista ou farmacêutico pode te ajudar a escolher a melhor opção para o cuidado com a sua saúde bucal, e na Drogaria Nova Esperança você encontra diversas opções.

Conclusão

As aftas podem alertar problemas graves de imunidade e até mesmo algumas outras doenças, e por isso é importante observar a frequência e os seus tamanhos e quantidades com que aparecem. Além disso, para manter a saúde em dia, é recomendado se alimentar bem, beber bastante água, escovar bem os dentes e frequentar o dentista sempre que puder. Estes passos ajudam a evitar alguns danos maiores.

Tags:

Receba as melhores notícias pela nossa newsletter!



    Informações do autor

    jsantos

    Posts recentes

    Entenda tudo sobre Rugas gravitacionais
    01 de março de 2021

    Entenda tudo sobre Rugas gravitacionais

    Leia na íntegra
    Andropausa no homem: o que é, sintomas e tratamento
    25 de fevereiro de 2021

    Andropausa no homem: o que é, sintomas e tratamento

    Leia na íntegra
    Sementes de hortaliças e dicas de como plantar
    25 de fevereiro de 2021

    Sementes de hortaliça e dicas de como plantar

    Leia na íntegra
    Hortaliças: o que são, tipos e benefícios à saúde
    24 de fevereiro de 2021

    Hortaliças: o que são, tipos e benefícios à saúde

    Leia na íntegra
    Mais saúde: lista das 7 principais hortaliças
    24 de fevereiro de 2021

    Mais saúde: lista das 7 principais hortaliças

    Leia na íntegra

    Mais acessados

    8 benefícios que o hábito de pedalar oferece à sua saúde
    02 de junho de 2020

    8 benefícios que o hábito de pedalar oferece à sua saúde

    Leia na íntegra
    Vivendo com Diabetes: o que é, sintomas e os seus tipos
    13 de julho de 2020

    Vivendo com Diabetes: o que é, sintomas e os seus tipos

    Leia na íntegra
    Saiba mais sobre o Óleo de Coco e seus diversos benefícios
    10 de junho de 2020

    Saiba mais sobre o Óleo de Coco e seus diversos benefícios

    Leia na íntegra
    4 motivos para usar protetor solar durante o Inverno
    26 de junho de 2020

    4 motivos para usar protetor solar durante o Inverno

    Leia na íntegra
    As diferenças de comprimidos, cápsulas e drágeas
    16 de março de 2020

    As diferenças de comprimidos, cápsulas e drágeas

    Leia na íntegra