Aparelho de Glicemia: o que é, tipos e como usar

Lancetador perfurando um dedo e o aparelho de glicemia ao fundo.
Você tem diabetes ou conhece alguém que tenha? Neste post, destrinchamos tudo sobre o aparelho que detecta os níveis de açúcar em seu sangue!

Aparelho de glicose, medidor de glicose, medidor de glicemia, glicosímetro, etc. São muitos os nomes apropriados para denominar este aparelho. Usado para medir os níveis de açúcar no sangue, o medidor de glicemia é um dos mais importantes tipos de aparelhos de monitoramento da saúde. Assim como os medidores de pressão, os produtos foram desenvolvendo e evoluindo com o passar do tempo, assim chegando às diferentes apresentações e formas de utilização que temos atualmente.

O que é o Medidor de Glicemia?

O medidor é o equipamento que exibe o resultado de todo o processo da medição feita. Porém, sem o restante dos itens que compõem o procedimento, ele é incapaz de conseguir este feito, assim, sozinho o aparelho não consegue medir os níveis de açúcar presentes no sangue e detectar possíveis riscos de glicemia alta.

Aparelho de Diabetes e Glicose

Derivado da alimentação, a glicose é o principal carboidrato concentrado na corrente sanguínea do corpo humano. Ela é formada através da passagem de açúcar e alimentos com amido do estômago para o intestino delgado, assim transformados em glicose. Ao serem adquiridos durante as refeições, uma parte dos carboidratos realiza o processo normal de fornecimento de glicose. A outra é transformada em glicogênio, uma espécie de “estoque de energia” capaz de repor quando o corpo demonstra que os níveis no sangue abaixaram demais.

Quando essa queda é constante e os níveis não são regulados apropriadamente, é o momento em que surge a diabetes. Uma das maiores epidemias de saúde de todo o mundo. A doença é identificada pela incapacidade do corpo de produzir insulina, sendo este o hormônio responsável por regular a glicose no sangue, quebrando suas moléculas e transformando o carboidrato em energia.

Diabetes Tipo 1

O tipo 1 dessa doença normalmente diagnosticada já na infância e adolescência, apresenta-se em uma forma crônica não transmissível. Ocorre quando a glicose presente no sangue se torna incapaz de produzir energia. Sua real causa é desconhecida, entretanto, com o uso de medicamentos, insulina e a realização de atividades físicas, se torna capaz de controlar os níveis de glicose presentes no sangue.

Diabetes Tipo 2

Sendo o mais comum em pacientes diabéticos, ocorrendo em 90% dos casos, o tipo 2 ocorre devido ao mal uso de insulina pelo organismo ou pela falta de produção do hormônio responsável por controlar a taxa de glicemia.  Quando esse problema não é tratado devidamente, é possível que surjam inflamações dos nervos e insuficiência renal.

O que vem na embalagem?

Especificamente sobre os aparelhos de glicemia tradicionais (àqueles onde é necessário que faça um furo no dedo), as suas embalagens costumam conter os mesmos itens indispensáveis para a medição.  Além de um manual de instruções completo, onde há a descrição específica relacionada ao produto (forma de uso, armazenamento, assistência técnica). E por fim, um estojo responsável pelo armazenamento do medidor, cada caixa possui os seguintes itens:

Monitor

O monitor é o encarregado de proporcionar o resultado da medição dos seus níveis de glicose. Após grandes avanços da tecnologia, o aparelho se tornou completo, fornecendo informações além do resultado atual através de seu display. Com os botões de ‘liga/desliga’ e para mover para esquerda e direita, é possível acessar as outras funções que ele possui, como por exemplo, rever os resultados de testes passados. Além de todas essas funções, a tela possui entradas para troca de baterias e claro, a inserção das tiras reagentes, em sua parte inferior.

Tiras de Teste

Tiras de teste dispostas fora de seu frasco.

As tiras de testes absorvem o sangue retirado para teste e realizam a conexão entre ele e o aparelho monitor. Assim sendo o meio de transporte entre o dedo e o medidor. Descartáveis e de uso próprio, após serem usadas devem ser descartadas corretamente.

Lancetas

Também descartáveis após seu uso, a lanceta é localizada na ponta do lancetador. Sendo encarregadas de realizar o furo em um dos dedos, assim gerando o sangue para teste. Elas são armazenadas e disponibilizadas de forma estéril, assim evitando contaminação, portanto deve-se descartá-las em um lugar apropriado.

Lancetador

O lancetador, em conjunto das lancetas, é o dispositivo de incisão responsável por levar às lancetas ao dedo e fazer um pequeno furo de teste glicêmico e coleta de amostras de sangue. Chamado de ‘Caneta Lancetadora’, a ferramenta possui 5 diferentes níveis de força para penetrar na pele. Além de conter uma ponta totalmente ajustável para o melhor uso possível.

Como usar o aparelho de glicemia?

Após apresentarmos quais os itens presentes em sua embalagem e qual a função de cada um, vamos fazer um passo-a-passo sobre como usar o aparelho de glicemia corretamente:

– Retire o aparelho do estojo, ligue-o em seu botão ‘Liga/Desliga” e insira a tira de teste para deixá-la pronta;

– Pegue o lancetador, retire sua ponta, insira uma lanceta estéril e defina o nível de intensidade com que a lanceta será infiltrada;

– Com a mão limpa, aperte o dedo para prender uma certa quantidade de sangue naquela região e realize o furo ao encostar o lancetador;

– Após estar evidente a saída de sangue pelo local infiltrado, deposite-o na tira de teste já pronta no aparelho e, em 5 segundos, aparecerá o resultado do seu teste para diabetes.

Qual o resultado ideal após medição?

Pessoa depositando seu sangue na tira de teste e aguardando o resultado de sua medição.

Após realizada a medição, o resultado irá demonstrar o nível de glicemia em seu sangue. Segundo o recomendado por especialistas e profissionais da saúde, o seu resultado constará NORMAL quando ele for um pouco menor ou igual a 100mg/dl. Porém, se o número for baixo demais, chegando à 50 ou 60mg/dl, é constatado que seu nível de glicemia está BAIXO e você necessita de mais açúcar no sangue. Por fim, defina-se pacientes com DIABETES quando o resultado se demonstra igual ou maior que 126mg/dl em dois dias diferentes, com dois testes distintos.

Tipos de Medidores

Como já conhecido e explicado anteriormente, os medidores de glicemia tradicionais são os mais famosos, usados e vendidos para o monitoramento de saúde. Entretanto, há mais de uma forma de verificar seu nível de glicemia. Neste caso, é possível realizar essa medição sem necessitar da coleta de sangue. Pertencente exclusivamente à empresa Abbott e sua seção ‘Abbott Diabetes Care (ADC), o medidor de glicemia touchscreen e que não utiliza sangue chegou há alguns anos para revolucionar o mercado de aparelhos. Com uma inovação tecnológica desse tipo, fornecendo tal velocidade, facilidade e segurança, o aparelho medidor é acompanhado com um adesivo que vai sobre o braço e, ao passar o aparelho por cima dele, ele já disponibiliza o resultado em poucos segundos.

Qual o melhor aparelho de glicemia?

Empresas como Roche, MedLevensohn e Accumed Glicomed são algumas das principais fabricantes de medidores de glicemia do Brasil. Com seus variados monitores, tiras e benefícios específicos de cada um, disputam no mercado de monitoramento da saúde com seus poderosos produtos. Além dessas companhias, no site da Drogaria Nova Esperança você confere uma categoria completa com todos os itens que temos relacionados ao assunto. Confira já!

Accu-Chek

Tiras de teste Accu-Chek

Com a linha mais vendida do Brasil, a Accu-Chek, pertencente à empresa Roche, é umas das líderes de mercado atualmente. Com tiras e monitores vendidos juntos e separadamente, através de quatro linhas distintas, a marca testada e aprovada por pacientes é uma das mais consumidas do Brasil até os dias de hoje.

G-Tech

Aparelho G-Tech

Com seus designs modernos, seguros e mesmo assim, sendo simples, a G-Tech produz por anos alguns dos melhores produtos de monitoramento de saúde, sejam eles para pressão, bombas de leite, estetoscópios e claro, aparelhos de glicose. Por isso, a marca se destaca pelo seu sistema exclusivo de códigos em cada tira, assim evitando possíveis erros em medições.

On Call Plus II

Aparelho On Call Plus II

Pioneiros na fabricação de glicosímetros de alta precisão, a linha On Call Plus II se destaca com suas versões dispostas separadamente, contendo consideráveis quantidades de tiras para teste em cada uma delas. Com resultado mais rápidos e um grande espaço de memória para testes passados, a linha é mais uma das que se destacam no Brasil e claro, no site da Drogaria Nova Esperança.

Qual o preço do Aparelho de Glicemia?

Só aqui na Drogaria Nova Esperança você confere os diversos modelos de aparelhos de glicemia que possuímos. Com um dos melhores preços do mercado, nós disponibilizamos kits e embalagens soltas, contendo quantidades diferentes de tiras de teste em cada apresentação, atendendo ao seu desejo.

Este conteúdo foi formulado e desenvolvido, sob supervisão técnica da farmacêutica responsável: Dra. Daniela S. Dávida - CRF/SP 47.916. Não devendo as informações obtidas aqui, serem utilizadas como substitutas ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Tags:
, ,