Siga-nos nas redes sociais
Acesse a nossa loja
Drogaria Nova Esperança
Acesse a nossa loja
Página Inicial Saúde Rosuvastatina: Para que serve, posologia e apresentações

Rosuvastatina: Para que serve, posologia e apresentações

Descubra o que é rosuvastatina, o que ela faz, como age e o seu potencial no tratamento e prevenção de colesterol alto e doenças cardiovasculares. O que é […]

24 de maio de 2024
Última atualização: 24 de maio de 2024
[addthis tool='addthis_inline_share_toolbox_a6r5']
Rosuvastatina: Para que serve, posologia e apresentações
Tempo estimado de leitura: 14 Minutos

Descubra o que é rosuvastatina, o que ela faz, como age e o seu potencial no tratamento e prevenção de colesterol alto e doenças cardiovasculares.

O que é a Rosuvastatina?

Rosuvastatina é um medicamento genérico geralmente apresentado na forma de comprimidos ou cápsulas, indicado no tratamento e controle dos níveis de colesterol LDL, colesterol total e triglicérides elevados no sangue.

Sua utilização ajuda a reduzir os riscos de doenças cardiovasculares, como o infarto e o Acidente Vascular Cerebral (AVC), uma das principais causas de morte, incapacitação e internações em todo o mundo, segundo dados do Ministério da Saúde.

 

O que é o colesterol?

Colesterol é um tipo de gordura presente no organismo e essencial para o bom funcionamento das células do cérebro, nervos, músculos, sendo produzido principalmente pelo fígado e, em menor quantidade, pelo intestino. 

Além disso, ele também está presente nas seguintes funções:

  • Composição das Membranas Celulares: O colesterol faz parte das membranas celulares, garantindo às células mais fluidez e estabilidade.


  • Fabricação de Hormônios: Hormônios esteróides, como a progesterona e testosterona, são formados a partir do colesterol. Estes hormônios, por exemplo, desempenham papéis cruciais, incluindo a regulação do sistema reprodutivo.


  • Síntese de Ácidos Biliares: O colesterol é necessário para a produção de ácidos biliares, substâncias essenciais para a digestão e absorção de gorduras no intestino.


  • Formação de Vitamina D: A vitamina D é fundamental para a saúde dos ossos, sistema imunológico e outros processos metabólicos, sendo um precursor na síntese dessa vitamina.

 

O excesso de colesterol pode causar problemas de saúde muito graves, como infarto, aterosclerose e pressão alta. Portanto, embora o colesterol seja essencial, é importante manter um equilíbrio saudável.

O que é o AVC?

AVC (Acidente Vascular Cerebral), também chamado de derrame cerebral, é uma doença vascular (relativa ou pertencente aos vasos sanguíneos) caracterizada pelo entupimento ou rompimento de veias, artérias e capilares que transportam sangue ao cérebro.

Interromper a circulação sanguínea no cérebro provoca a paralisia da área cerebral que não recebeu o sangue com oxigênio. Por isso, muitos pacientes apresentam sintomas de problemas motores, sensoriais, nos músculos, visão, cognição e na fala.

 

Existem dois tipos de AVC, que ocorrem por motivos diferentes. São eles:

  • Hemorrágico: com ruptura e sangramento de um vaso cerebral;
  • Isquêmico: causado pela obstrução de uma artéria por um trombo (trombose) ou êmbolo (embolia).

Para que serve a Rosuvastatina?

Auxilia no controle do colesterol e das substâncias gordurosas no sangue (lipídios), ajudando a reduzir os riscos de doenças vasculares graves, como o AVC e o infarto do miocárdio (ataque cardíaco). 

 

Geralmente essas doenças são ocasionadas pelo acúmulo de placas de gordura no interior dos vasos sanguíneos. Como um ativo pertencente à classe das estatinas, a rosuvastatina consegue reduzir os níveis de colesterol LDL, colesterol total e triglicerídeos no sangue.

 

Tratamentos com Rosuvastatina

Pode ser indicada para tratar: hipercolesterolemia primária; dislipidemia mista; altas taxas de triglicerídeos; aterosclerose (isquemia); prevenção de ataque isquêmico transitório; e como medicação pré-operatória.

  • Hipercolesterolemia primária: quando o colesterol alto é resultado de defeitos genéticos no metabolismo de gorduras.

  • Dislipidemia mista: quando os níveis de colesterol LDL  e triglicerídeos estão elevados no sangue.

  • Altas taxas de triglicerídeos. 


  • Aterosclerose (isquemia): a rosuvastatina é usada para retardar ou impedir a progressão do processo de deposição de placas de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, prevenindo infartos e AVCs.


  • Prevenção de ataque isquêmico transitório: um problema diferente do AVC, em que ocorre redução temporária do fluxo sanguíneo para o cérebro.


  • Medicação pré-operatória: para proteção cardíaca em procedimentos cirúrgicos não cardiológicos.

 

É válido ressaltar que, em cada um destes casos de doenças vasculares, é necessário ministrar o tratamento conforme as recomendações estabelecidas pelo seu médico e/ou responsável clínico. Por isso, consulte um médico antes de iniciar o tratamento.

 

Rosuvastatina comprimidos de 5mg, 10mg, 20mg e 40mg

As doses de rosuvastatina dependem do tipo de tratamento e das necessidades dos pacientes, podendo variar entre: 5, 10, 20 e 40mg. Para tal, é válido conhecer qual dose será prescrita pelo seu médico, com qual objetivo de terapia.

  • Rosuvastatina 5 e 10mg: Essa dosagem é frequentemente utilizada como uma dose inicial no tratamento de colesterol, e pode ser ajustada de acordo com a resposta do paciente. 


  • Rosuvastatina 20mg: Essa dosagem é indicada para reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) e triglicerídeos, além de ajudar a aumentar o colesterol bom (HDL). Ela é prescrita quando a dose de 10mg não é suficiente para controlar o nível de colesterol.


  • Rosuvastatina 40mg: Essa dose é reservada para casos específicos em que os níveis de colesterol e triglicerídeos são muito elevados, sendo também a dose máxima diária recomendada. Deve ser administrada quando estritamente supervisionado pelo seu médico.


É válida a ressalva de que a rosuvastatina deve ser utilizada conforme orientação médica, além disso, é fundamental realizar o acompanhamento regular para avaliar os níveis de colesterol e monitorar possíveis efeitos colaterais ao longo do tratamento.

Rosuvastatina em cápsulas de liberação prolongada 

Esta forma de medicamento possibilita uma liberação gradual de rosuvastatina no organismo do paciente, garantindo um tratamento eficaz, com dose única, o que reduz o risco de superdoses ou esquecimento.

 

Essa formulação auxilia a manter a consistência do tratamento e reduz a necessidade de doses extras, sendo geralmente suficiente na maioria dos casos. Isso ocorre porque esses medicamentos são projetados com taxas e alcance pré-determinados.

 

Rosuvastatina na forma de comprimidos mastigáveis

Diferentemente de outros medicamentos, a rosuvastatina não está disponível na forma de comprimidos mastigáveis. Ela está disponível na forma de comprimidos revestidos e cápsulas de liberação prolongada.

 

Como age a Rosuvastatina?

O princípio ativo rosuvastatina atua inibindo uma enzima chamada HMG-CoA redutase. Esse elemento é bastante importante na produção do colesterol pelo organismo, sendo essencial para a via metabólica do mevalonato.

Ao inibir a ação da HMG-CoA redutase, ocorre uma menor produção de colesterol LDL e triglicerídeos, resultando na redução do risco de doenças cardiovasculares. Elas comprovadamente inibem o acúmulo de colesterol nas artérias, esse processo é conhecido como aterosclerose.

 

Composição da Rosuvastatina

Cada comprimido contém a rosuvastatina cálcica como princípio ativo. Os comprimidos também podem conter outros componentes, como lactose (53,69 mg/comprimido de 10mg; 107,38 mg/comprimido de 20mg).

 

Posologia da Rosuvastatina

A posologia destes fármacos pode variar de acordo com as dosagens, o tipo de medicamento e as necessidades do paciente para o controle do colesterol. Por isso, o uso destes medicamentos deve ocorrer conforme a orientação médica.

 

De maneira geral, a grande maioria dos pacientes é controlada na dose inicial, que pode variar de 10 a 40mg diários. Apesar disso, a dose de rosuvastatina cálcica deve ser individualizada de acordo com a meta da terapia e a resposta do paciente.

 

Como tomar Rosuvastatina comprimidos?

Em suma, o consumo de medicamentos de rosuvastatina deve ocorrer com cada comprimido sendo ingerido inteiro, por via oral, podendo ser engolidos com o auxílio de um copo de água a qualquer hora do dia, com ou sem alimentos. 

 

Entretanto, aconselha-se que o paciente tome rosuvastatina todos os dias no mesmo horário. Isso ajudará a criar uma rotina de consumo diário do fármaco. É dito também que este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Quem não pode tomar Rosuvastatina?

Este é um componente que não deve ser utilizado por menores de 6 anos de idade, mulheres grávidas ou que estejam no período de amamentação, pessoas com alguma deficiência renal ou hepática, hipotireoidismo e em caso de consumo de bebidas alcoólicas.

 

A rosuvastatina cálcica também não deve ser utilizada por pacientes que tenham alguma alergia a ela ou a qualquer um dos componentes de sua fórmula, ou em caso de ter alguma doença no fígado.

 

Efeitos Colaterais da Rosuvastatina

Assim como ocorre com todo e qualquer medicamento, o uso de rosuvastatina pode ocasionar o aparecimento de efeitos colaterais adversos e indesejados. Dentre eles, os mais comuns podem incluir: 

 

Dor de cabeça, dor muscular, sensação geral de fraqueza, prisão de ventre, vertigem, náusea, dor abdominal.

 

Os efeitos colaterais de alto risco são menos frequentes do que aqueles apontados acima. Entretanto, embora sejam mais raros, eles ainda existem. Alguns deles incluem:

 

  • Dor muscular nos quadris, ombros, pescoço ou costas;
  • Confusão mental;
  • Problemas de memória;
  • Perda do apetite;
  • Inflamação do pâncreas, ou problemas no fígado (urina escura, fezes esbranquiçadas, pele e olhos amarelados).

 

Caso você note o aparecimento de alguma dessas reações, informe ao seu médico o quanto antes para assegurar sua saúde e segurança.

 

Rosuvastatina emagrece?

Tomar rosuvastatina pode causar emagrecimento devido ao seu possível efeito colateral de perda do apetite, o que, por sua vez, ocasiona uma menor ingestão de calorias ao longo do dia. 

Contudo, destaca-se que não existe indicação do uso de rosuvastatina para emagrecimento, sendo esse remédio aprovado apenas para o tratamento do colesterol e/ou triglicerídeos altos.

Rosuvastatina causa sono?

Segundo a bula, o uso da rosuvastatina não causa sonolência. Entretanto, distúrbios do sono (incluindo insônia e pesadelos) são previstos como reações de frequência desconhecida. Esses sintomas dependem da dose e da sensibilidade do paciente.

 

Rosuvastatina contém corticoide?

A rosuvastatina não contém corticoide. Esses elementos estão presentes em fármacos utilizados para reduzir a produção de substâncias inflamatórias no corpo ou diminuir a atividade do sistema imunológico.

 

Os corticoides são frequentemente prescritos para tratar condições como asma, doenças autoimunes, alergias, inflamações e outras situações em que é necessário controlar a resposta imune.

 

Valor da Rosuvastatina

Hoje, diversas empresas da indústria farmacêutica são responsáveis pela produção e comercialização de fármacos que levam a rosuvastatina em sua composição. Na Drogaria Nova Esperança você encontra todos e quaisquer medicamentos de tal ordem.

 

Pensando nisso, separamos os seguintes medicamentos e suas fabricantes:

 

ROSUVASTATINA 10MG COM 30 COMPRIMIDOS – SANDOZ

ROSUVASTATINA 20MG COM 30 COMPRIMIDOS – SANDOZ

ROSUVASTATINA 20MG COM 30 COMPRIMIDOS – CIMED

ROSUVASTATINA 10MG COM 30 COMPRIMIDOS – EMS

ROSUVASTATINA 10MG COM 30 COMPRIMIDOS – TORRENT DO BRASIL

ROSUVASTATINA 20MG COM 30 COMPRIMIDOS – LEGRAND

ROSUVASTATINA 20MG COM 30 COMPRIMIDOS – GERMED

ROSUVASTATINA 20MG COM 30 COMPRIMIDOS – ACCORD

 

Bula da Rosuvastatina

Disponibilizamos o acesso a bula de todos os medicamentos encontrados em nosso site para facilitar o acesso à informação e o entendimento a respeito do seu funcionamento. 

Basta acessar o site da Drogaria Nova Esperança e navegar pela descrição dos produtos e medicamentos com rosuvastatina.

 

Fonte

Grande parte desta pesquisa foi estruturada utilizando bulas de diferentes medicamentos. Acesse o bulário da Anvisa e busque pela bula de rosuvastatina do fabricante de sua preferência.

Referências:

 

Tags:

Receba as melhores notícias pela nossa newsletter!



    Informações do autor

    Bruno Aires

    Posts recentes

    Omeprazol: Como funciona, posologia e preço
    07 de junho de 2024

    Omeprazol: Como funciona, posologia e preço

    Leia na íntegra
    Citrato de Sildenafila:Para que serve, o que é e como tomar
    07 de junho de 2024

    Citrato de Sildenafila:Para que serve, o que é e como tomar

    Leia na íntegra
    Pantoprazol: O que é, seus usos e a forma de administração
    05 de junho de 2024

    Pantoprazol: O que é, seus usos e a forma de administração

    Leia na íntegra
    Sinvastatina: Para que serve, o que é e como tomar
    03 de junho de 2024

    Sinvastatina: Para que serve, o que é e como tomar

    Leia na íntegra
    Rosuvastatina: Para que serve, posologia e apresentações
    24 de maio de 2024

    Rosuvastatina: Para que serve, posologia e apresentações

    Leia na íntegra

    Mais acessados

    8 benefícios que o hábito de pedalar oferece à sua saúde
    02 de junho de 2020

    8 benefícios que o hábito de pedalar oferece à sua saúde

    Leia na íntegra
    Vivendo com Diabetes: o que é, sintomas e os seus tipos
    13 de julho de 2020

    Vivendo com Diabetes: o que é, sintomas e os seus tipos

    Leia na íntegra
    Saiba mais sobre o Óleo de Coco e seus diversos benefícios
    10 de junho de 2020

    Saiba mais sobre o Óleo de Coco e seus diversos benefícios

    Leia na íntegra
    4 motivos para usar protetor solar durante o Inverno
    26 de junho de 2020

    4 motivos para usar protetor solar durante o Inverno

    Leia na íntegra
    As diferenças de comprimidos, cápsulas e drágeas
    16 de março de 2020

    As diferenças de comprimidos, cápsulas e drágeas

    Leia na íntegra